terça-feira, 23 de junho de 2015

Posted by Radira Araújo on 04:15 No comments
"Essa é mais uma história normal e feliz de mais um visto auperiano."
Isso eh o que eu diria se eu nao me chamasse Radira!

Bom, depois do "pequeno" sufoco vivido na ex host family, virei mais criterosa para escolhar a futura familia hospedeira. E depois de tanto escolher e me mudar para a nova aventura, ainda hesitei bastante antes de tomar a decisão do processo do visto. Isso porque no fundo ainda estava um pouco receosa de estar errando novamente. E quase todos os dias minha host me perguntava se eu já havia preenchido minha parte do contrato, e sempre era uma desculpa. Até que resolvi falar a verdade para ela e que eu estava um pouco balançada e só precisava de alguns dias para pensar. De inico foi a cara de surpresa e depois as palavras de conforto e entendimento. Ela compreendeu meus motivos, ok, good. 

Só que nessa brincadeira de fica ou não  fica, acabei dando entrada no processo do visto quase dois meses depois que eu já estava aqui, 24 de fevereiro. Nisso, eu já sabia que o processo para receber um visto de au pair na Dinamarca dura em torno de 2 ou mais meses e eu tinha uma ticket pra visitar o Brasil 02 de junho, o que me deixou um pouco preocupada, pois não queria sair de férias  sem ter a certeza do meu visto em mãos.

Eis que faltando 1 semana para completar 2 meses de processo, recebo uma carta da migração pedindo pra eu tirar minha foto e digitais dentro de duas semanas para completar o pedido do visto, e se eu não o fizesse dentro desse prazo, seria bye bye Dinamarca.
Então mais que depressa, arrumei meus documentos e a carta que recebi e fui rumo a completar essa etapa, super ansiosa para que tudo se resolvesse e eu pudesse fazer minha trip pro Brasil.

Na carta dizia que se não morasse na capital, poderia procurar a polícia mais próxima e tirar a biometria. Então optei pela opção da polícia.
Processo fácil e rápido, exceto pela porta do prédio  que eu não conseguia abrir de maneira alguma e precisei de ajuda -.-

Pronto, so me restava esperar. Mas se passaram 1, 2, 3 semanas e nada de nada, até que estava na casa do meu namorado e recebo uma mensagem da minha host dizendo que chegou uma carta da migração negando meu visto e alegando que eu não tinha ido tirar minha biometria, por isso deveria sair do país o mais rápido possível ou estaria como ilegal e podendo causar prejuízos maiores caso eu desobedesse. Cara de perplexa 0.0 Como assim?! Eu havia feito tudo como eles me pediram. Mas foi daí que descobrimos que a polícia havia perdido meus dados e a migracao nunca tinha recebido isso e nem sabiam do ocorrido.
Tentamos resolver o mais depressa possível, e provar que eu estive na polícia  dentro do prazo. 

Depois de alguns dias de tensão, a polícia achou minha biometria e enviou para o departamento de imigração em Copenhagen. Com tudo provado, eles aceitaram o pedido para reabrir meu caso.
E apesar dos imprevistos e correrias, no final meu lindo visto chegou :) Ufa!!

Ps.: E minha viagem ao Brasil foi adiada, pois precisei ficar para resolver tudo :-/
Mas sendo positiva, pelo menos o caso visto foi resolvido ;)



E aqui o verão chegando de mansinho na querida Dinamarca :)



0 comentários:

Postar um comentário